quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Rock Rural

Hoje quase não se fala em rock rural, a não ser quando relembramos a canção ''Casa no Campo" interpretada por Elis Regina. Mas não posso deixar de comentar algo tão autêntico, que influenciou toda uma geração e que continua contribuindo consideravelmente para o cenário da música nacional.
Sim, sem o rock rural provalemente as novelas das 6 da globo não estariam no ar , e tão pouco as duplas sertanejas fariam tanto sucesso. Pode parecer exagero, mas a verdade é que sempre ouve uma rejeição muito grande à cultura rural por parte dos centros urbanos. O rock rural tratou disso sutilmente, dando pequenas doses de elementos culturais do interior, agindo de forma discreta, porém eficaz.
Vários são os artistas que podem ser classificados como ''roqueiros rurais'', porém destaco Zé Rodrix, Sá e Guarabira.
Zé principalmente, pois era o principal mentor desse desencadeamento de idéias culturais e musicais. Multi-instrumentista de talento raro dominava violão, piano, bateria, flauta, saxofone, trompete e provavelmente ''arranhava'' mais uma meia dúzia de instrumentos.
Mas porque será que estou dizendo isto? No ultimo post falei sobre Joe Cocker correto? pois é... Tem dedo dele nisso também, de forma indireta, claro.
Como? Já explico.
Após o fortalecimento do rock rural, vários artistas foram influenciados e isso é perceptível logo na jovem guarda, movimento musical
jovem urbano (que antes do rock rural jamais imaginaria alguma possibiliade de cantar musicas regionais ou que exaltassem a cultura do interior).
Eduardo Araújo abriu caminho regravando ''Barracão de Zinco'', fazendo uma versão inspirada nas apresentações de
Joe Cocker e Jimi Hendrix. Era a fusão ideal. Após ele houveram outros tantos como Sérgio Reis, Renato Teixeira etc...Até que esse fenômeno sertanejo fosse concretizado.
Enfim, a música nacional deve muito a estes 3. Pena que não consegui um vídeo antigo e de boa qualidade sonora, mas este vídeo recente consegue retratar muito bem o que ocorreu naquela época, e toda a inovação que eles implementaram em nossa cultura.

Mestre Jonas - Zé Rodrix, Sá e Guarabira


4 comentários:

  1. Tá na hora do cocoricó!
    Ta na hora da banda do Júlio
    O Júlio ma gaita
    e a bicharada no vocal!
    fazendo um rock ruraaaal!!!!!

    Coooooocoooooricóóóóóóó!!!...

    Rock Rural. o/ o/ o/

    ResponderExcluir
  2. HUAEHEAUHUEE

    PODES CRER....
    deveria ter coloca isso como mais uma ocnsequencia cultural do rock rural^^

    ResponderExcluir
  3. Daniel, muito bom seu post! Só queria fazer 2 pequenas correções: o rock rural ainda existe, ainda é produzido de norte a sul do país, existem festivais, etc. Bandas como Expresso Rural(SC) Supercordas(RJ/SP), Roque Malasartes(RJ), Matuto Moderno (SP) ou até o Vanguart são classificados como grupos de rock rural que não é nada menos do que o folk nacional.
    O Zé Rodrix era mesmo genial, mas urbano ( e rocker!). O personagem que introduziu pitadas de música regional e levou o trio a beber nessa fonte foi o Guarabyra, cuja vida até os 17 anos havia sido no interior da Bahia! Essa mistura foi explosiva e gerou o que se canta até hoje, sem barreiras de gerações: Canção da Estrada, p.ex.
    Te convido a debater mais sobre o assunto nas comunidades do Orkut: Rock Rural!
    Abraços!
    Hilda B.
    http://paraisoagora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. oi, passei pra conhecer o blog, e desejar boa semana
    bjs

    aguardo sua visita :)

    ResponderExcluir